ÁREA RESTRITA

blog IaJ Missionária
Corujinha Filosofica
Tia Beta
Blog Elisama

NEWSLETTER

salvar

Biblioteca Pio XII - Indicações para Séries Finais

 

O Conde de Monte CristoO Conde de Monte Cristo Trata-se de uma obra que versa sobre a condenação e encarceramento de um inocente, motivados não por erro de justiça e sim, por conveniência de pessoas envolvidas no retorno de Napoleão da Ilha de Elba para recuperar o trono perdido. Durante uma década e meia, instruído em todas as ciências da época e tendo adquirido gostos e maneiras refinados através de estreito relacionamento com um companheiro de cárcere (abade de cultura enciclopédica), este homem mítico foge milagrosamente da prisão e reaparece em Paris, acobertado sob o manto de riquíssimo e poderoso nobre estrangeiro, com o firme objetivo de restaurar a sua justiça particular. Saídos da pena de Alexandre Dumas, desfilam no texto personagens de toda a alta sociedade parisiense - aristocratas e burgueses enriquecidos - que realizam grandes negócios, mantêm romances ocultos, todos movidos por múltiplas e intensas emoções humanas.

Autor: Alexandre Dumas
HamletHamlet

Hamlet é um príncipe dinamarquês que busca vingar a morte de seu pai, tramada pelo próprio irmão, seu tio-padrasto. O fantasma do pai é personagem que aparece para Hamlet, incentivanto a vingança. Este, diz sentir-se preso, quando na verdade , transcende os limites da própria peça, e mostra-se se livre para ir além dos limites dela. É consciente do que se passa a sua volta. Apesar da percepção aguçada, não consegue direcionar seu destino. Consegue o que o queria, mas, também vai-se deste mundo. Em Hamlet, a psicologia dos personagens é construída, no decorrer da peça, não de maneira direta. É como uma música que tem uma nota após a outra, cuja afinação, melodia e harmonia, parecem se entrelaçar com os nossos pensamentos de forma sutil, sem que percebamos a tempo, estamos mergulhados no oceano das internalizações de seus personagens

Autor: William Shakespeare

Escravo e Guerreiro - Jair VitóriaEscravo e Guerreiro - Jair Vitória

O escravo Marcial lutou pela liberdade como um guerreiro. Fugiu da fazenda onde era açoitado e torturado e buscou o Mocambo do Congo, um quilombo quase inacessível. Deixou para trás sua mãe e sua namorada, que um dia pretendia reencontrar, quando a lei da abolição fosse assinada.



Escravo e Guerreiro - Jair Vitória

 

A Turma da Rua Quinze - coleção Vaga-Lume - Marçal AquinoA Turma da Rua Quinze - coleção Vaga-Lume - Marçal Aquino

Quem é aquele homem estranho com uma horrível cicatriz no rosto? Por que Marcão desapareceu sem deixar vestígios? O que significa tanto movimento naquele velho casarão no fim da rua? Em busca da resposta para estas perguntas, Pedro, Serginho e Renato e toda a turma da Rua Quinze decidem entrar em ação. Você nem imagina do que esse grupo de jovens é capaz!
Acompanhe passo a passo essa incrível investigação!

Autor: Marçal Aquino

 

Biblioteca Pio XII - Indicações para Ensino Médio

 

Dom CasmurroDom Casmurro

Machado de Assis (1839-1908), escrevendo Dom Casmurro, produziu um dos maiores livros da literatura universal. Mas criando Capitu, a espantosa menina de "olhos oblíquos e dissimulados", de "olhos de ressaca", Machado nos legou um incrível mistério, um mistério até hoje indecifrado. Há quase cem anos os estudiosos e especialistas o esmiuçam, o analisam sob todos os aspectos. Em vão. Embora o autor se tenha dado ao trabalho de distribuir pelo caminho todas as pistas para quem quisesse decifrar o enigma, ninguém ainda o desvendou. A alma de Capitu é, na verdade, um labirinto sem saída, um labirinto que Machado também já explorara em personagens como Virgília (Memórias Póstumas de Brás Cubas) e Sofia (Quincas Borba), personagens construídas a partir da ambigüidade psicológica, como Jorge Luis Borges gostaria de ter inventado.

Machado de Assis

 

A História do Amor de Fernando e Isaura A História do Amor de Fernando e Isaura   A história do amor de Fernando e Isaura é uma espécie de versão brasileira de Tristão e Isolda (história imortalizada pela obra de Joseph Bédier) e, como o próprio autor declarou, lhe serviu para avaliar e exercitar as forças de que dispunha para escrever o grande romance com que vinha sonhando - o clássico Romance d A Pedra do Reino, escrito entre 1958 e 1970. A história do amor de Fernando e Isaura é uma paixão proibida. Um amor tão verdadeiro e intenso que, impedido de ser vivenciado em toda a sua plenitude, encaminha-se para um trágico desfecho. Até hoje, é o único romance de Suassuna que não se passa na Paraíba e, além disso, ao contrário do que aparece em toda a sua obra, o Sertão encontra-se praticamente ausente da narrativa - seu cenário é Alagoas, com grande parte das ações decorrendo nas proximidades do mar.

Autor: Ariano Suassuna

 

O Primo Basílio O Primo Basílio

Nova edição de uma das obras mais populares do grande mestre do romance português Eça de Queirós.
Primeiro grande êxito literário de Eça de Queirós, este romance é marcado por uma análise minuciosa da sociedade de seu tempo. O autor usou da ironia, da linguagem coloquial e direta e, principalmente, do olhar atento sobre o cotidiano para revelar a intimidade da vida burguesa. Luísa é casada com Jorge e leva uma vidinha tão segura quanto entediada. O sonho, o romantismo e o desejo são despertados pela chegada do primo Basílio a Lisboa. Ao optar pelo adultério como tema central, a intenção do autor era provocar a discussão. Eça é o grande mestre do romance português moderno e certamente o mais popular entre os escritores do século XIX em Portugal e no Brasil.

Autor: Eça De Queirós

 

 

COLÉGIO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA

Rua Francisco Ambrósio de Barros Leite, 501 Bairro Novo - Olinda - CEP 53030-230
Fone(81) 3087.0650 - Fax (81) 3439.1806 - e-mail: cicm@imaculado.com.br
Desenvolvido por clickn