Apresentação – Ensino Fundamental -Anos Iniciais

O Ensino Fundamental – Anos Inicias apresenta um novo leque de possibilidades para o aluno do século XXI se relacionar com o mundo atual. Neste novo momento da Educação Básica, o aluno é chamado a participar ativamente da construção de habilidades cognitivas e sócioemocionais, através do exercício do protagonismo em sua aprendizagem.

Assume a escola o compromisso com a Educação Integral a partir de uma visão global do ser humano, voltada ao seu acolhimento, escuta e reconhecimento de necessidades para o seu desenvolvimento. A democracia inclusiva, respeito às diferenças, surge dentro do espaço escolar como um importante projeto pedagógico no combate as diversas formas de discriminação, preconceito e bullying.

Nos primeiros anos do Ensino Fundamental, são valorizadas atividades de aprendizagens lúdicas, articulando ainda com as experiências da Educação Infantil.  Os alunos vivenciam diversos tipos de situações e descobertas dentro do grupo social escolar, onde a ação pedagógica atua estimulando o desenvolvimento de competências, do pensamento crítico e argumentativo, para a resolução de diversos problemas apresentado na sala de aula.

O foco na alfabetização acontecerá nos dois primeiros anos do Ensino Fundamental, garantindo a apropriação do sistema de escrita alfabética, envolvida em práticas de letramento, como aponta o Parecer CNE/CEB nº 11/2010, “os conteúdos dos diversos componentes curriculares […], ao descortinarem às crianças o conhecimento do mundo por meio de novos olhares, lhes oferecem oportunidades de exercitar a leitura e a escrita de um modo mais significativo” (BRASIL, 2010).

Conforme o aluno avança no Ensino Fundamental – Anos Iniciais, com base nas cinco áreas do conhecimento, de acordo com a BNCC (Linguagens, Matemática, Ciências da Natureza, Ciências Humanas e Ensino Religioso) vão se ampliando suas habilidades em diferentes linguagens, no seu raciocínio lógico, na sua autonomia, na compreensão de normas e valores sociais, possibilitando lidar com diferentes situações de aprendizagem.

Ao final, vão sendo adotadas metodologias de trabalho que assegurem a continuidade do processo com o Ensino Fundamental do 6º ao 9º ano Para garantir uma transição de sucesso, já no 5º ano, são feitas adaptações que objetivam apoiar os alunos para os Anos Finais. Como indicado nas Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Fundamental de Nove Anos (Resolução CNE/CEB nº 7/2010), essas mudanças impõem desafios à elaboração de currículos para essa etapa de escolarização, de modo a superar as rupturas que ocorrem na passagem não somente entre as etapas da Educação Básica, mas também entre as duas fases do Ensino Fundamental: Anos Iniciais e Anos Finais.