Artigos

Jogos, brinquedos, brincadeiras e brinquedoteca

Implicações no processo de aprendizagem e desenvolvimento na perspectiva de Froebel

Conhecido como “o educador das crianças”, o alemão Friedrich Froebel (1782?1852) foi um dos primeiros educadores a considerar o início da infância como uma fase decisiva na formação das pessoas. Viveu em uma época de mudança de concepções sobre as crianças e esteve à frente desse processo na área pedagógica, como fundador dos jardins de infância, para menores de 8 anos.

Os jogos, os brinquedos e as brincadeiras encontrados no cotidiano de uma brinquedoteca, bem como as técnicas utilizadas até hoje em Educação Infantil, devem muito a Froebel. Para ele, as brincadeiras são os primeiros recursos no caminho rumo à aprendizagem. Não são apenas diversões, mas um modo de criar representações do mundo concreto com a finalidade de entendê-lo. Depois de ter observado crianças montando e desmontando jogos, Froebel propõe jogos de construção a fim de possibilitar-lhes a decomposição e a recomposição. O autor entende que a manipulação e a expressão são indissolúveis: é a exploração do material livre, espontâneo e simbólico que leva a criança a criar seus próprios jogos.


« Voltar